Cidades Inteligentes e Nova Agenda Urbana das Nações Unidas

13/09/2017

María Galindo García-Delgado. Inovação e Gestão de Negócios de Cidade Inteligente na DOXA Innova & Smart.

A Nova Agenda Urbana é um roteiro para o desenvolvimento urbano nos próximos 20 anos, o que destaca e acentua o papel das cidades na promoção de um desenvolvimento sustentável e socialmente equitativo do planeta.

Longe de defender um crescimento econômico e gerador de riqueza, durante as últimas décadas as desigualdades cresceram nas cidades e a pressão sobre os recursos naturais está se exacerbando.

Hoje, mais da metade da população global vive nas cidades. E também hoje, metade da população global não tem acesso à internet.

Globalmente, as cidades representam mais de metade da economia mundial e dois terços do consumo mundial de energia. A cada semana, 1,5 milhão de pessoas se deslocam de ambientes rurais para ambientes urbanos. As cidades são a potência do progresso econômico e do bem-estar dos cidadãos, sendo que dentro de trinta anos as cidades acomodarão 75% da população global.

Este processo de urbanização representa grandes desafios para a gestão urbana: tanto relacionados ao acesso a serviços básicos, moradias, planejamento urbano, mobilidade, etc., como à sustentabilidade da referida transformação e seus efeitos sobre o clima e o meio ambiente.

Com efeito, a Terceira Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável, HABITAT III, reconheceu a necessidade de um processo de urbanização planejado e sustentável nas cidades e, por isso, a Nova Agenda Urbana foi lançada em Quito, em outubro de 2016: um roteiro para o desenvolvimento urbano nos próximos 20 anos, que destaca e acentua o papel das cidades na promoção de um desenvolvimento sustentável e socialmente equitativo do planeta.

De fato, a persistência da pobreza, as crescentes desigualdades e a degradação ambiental são os obstáculos mais desafiadores para um desenvolvimento sustentável. Sem defender uma distribuição equitativa do crescimento econômico e da riqueza, durante as últimas décadas as desigualdades cresceram nas cidades e a pressão sobre os recursos naturais está sendo exacerbada. Hoje, mais da metade da população global vive nas cidades. E também hoje, metade da população global não tem acesso à internet.

De acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas, a Nova Agenda Urbana destaca como a informação, a tecnologia e a internet desempenham um papel significativo na consecução dos referidos objetivos e, por sua vez, no desenvolvimento urbano, promovendo um processo de urbanização mais eficiente, ao mesmo tempo em que é possível dimensionar e implementar projetos e soluções urbanas em ambientes menos desenvolvidos e favorecidos.

O papel acelerado da tecnologia nessas transformações, como um catalisador de soluções eficientes para os desafios globais, é indubitável. A Internet mudou a forma como aprendemos, nos comunicamos e trabalhamos. A Internet ampliou e socializou o conhecimento, e universalizou o acesso à informação. Nas cidades, a tecnologia permite avançar para as cidades inteligentes, fornecendo inteligência na gestão e nas políticas urbanas; promovendo cidades mais eficientes, que maximizem e usem mais eficientemente seus recursos para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e promover a geração contínua de bem-estar local de forma sustentável.

Ao passo que a Internet está mudando nossos hábitos, o modo como nos organizamos ou como experimentamos o mundo, como negar que a internet terá um efeito radical nas cidades, na forma como elas estão organizadas ou como elas se comunicam com seus cidadãos?

Portanto, a grande dúvida está em saber como as cidades devem se transformar e evoluir para garantir um desenvolvimento sustentável, socialmente equitativo, seguro e resiliente, ao mesmo tempo em que garante os benefícios dos avanços tecnológicos, com a internet na liderança, alcançando todos os cidadãos e todos os cantos do mundo.

 

 

Cidades Inteligentes e Nova Agenda Urbana das Nações Unidas
Assine a nossa newsletter



Pin It on Pinterest